Turismo lança versões em inglês e espanhol de aplicativo de acessibilidade

Estrangeiros terão, a seu alcance, possibilidade de acessar e avaliar estabelecimentos e atrativos a 100 dias dos Jogos Paralímpicos

30_05_2016_jogos_paralimpicos_foto_max_goncalves

A 100 dias do início dos Jogos Paralímpicos Rio 2016, o Ministério do Turismo anuncia nesta segunda-feira (30) o lançamento das versões em inglês e espanhol do aplicativo Guia Turismo Acessível. A ferramenta facilita o acesso às informações de estabelecimentos turísticos conforme o nível de acessibilidade e está disponível para download nas plataformas iOS, Android ou Windows Phone. O conteúdo colaborativo permite a avaliação da acessibilidade de pontos turísticos, hotéis, restaurantes e atrações diversas.

Para o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, a iniciativa contribuirá para auxiliar atletas paraolímpicos e turistas com algum tipo de deficiência interessados em descobrir o Brasil. “Ações como essa são fundamentais para que todas as pessoas possam desfrutar do turismo, sem distinção. Para isso, o Ministério do Turismo vem desenvolvendo um conjunto de iniciativas voltadas para o turismo acessível como o aplicativo e o site de mesmo nome”, afirmou.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) cerca de 45 milhões de brasileiros apresentam algum tipo de deficiência, o que corresponde à 23,9% da população do país. Ainda segundo o ministro, a qualificação e capacitação dos prestadores de serviço do setor resultam em fatores preponderantes para que o turista retorne ao Brasil. Na Copa do Mundo, por exemplo, os serviços foram avaliados positivamente por mais de 90% dos estrangeiros.

Continuar lendo Turismo lança versões em inglês e espanhol de aplicativo de acessibilidade

Anúncios

Projeto de lei institui cadastro de emprego para pessoas com deficiência

A Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência aprovou, em reunião realizada na manhã desta quarta-feira (25), o Projeto de Lei (PL) 520/2015, institui a Central de Cadastro de Empregos para Pessoas com Deficiência. A iniciativa, de autoria do presidente do colegiado, deputado José Nei Ascari, tem como objetivo facilitar a divulgação de vagas existentes e ampliar a inclusão de pessoas no mercado de trabalho.

f0463bb0437a13d22e4a5009fba863d688d71330O projeto, relatado na comissão pelo deputado Luiz Fernando Vampiro (PMDB), prevê que a central de cadastro será vinculada à Diretoria de Trabalho, Emprego e Renda da Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação. Conforme o texto, a relação de trabalhadores disponíveis deverá ser publicada no site da secretaria, que também será responsável por articular e promover ações, em conjunto com entidades assistenciais, para ampliar as oportunidades de emprego e a qualificação.

O autor do projeto destacou que “muitas pessoas com deficiência precisam de emprego, mas estão qualificadas ou essa informação não é conhecida. O cadastro deve aproximar os trabalhadores do mercado de trabalho”, defendeu Ascari. O deputado Nilso Berlanda (PR), que é empresário, informou que as empresas encontram dificuldades para cumprir a lei que prevê o emprego de 5% de pessoas com deficiência nas organizações que empregam mais de 100 pessoas. A falta de qualificação foi o principal problema apontado por ele. O deputado Serafim Venzon (PSDB) afirmou que é preciso ajustar esse descompasso, pois mais de 10% da população brasileira possui algum tipo de deficiência. Já aprovado nas demais comissões, o PL 520/2015 seguirá agora para votação em plenário.

Continuar lendo Projeto de lei institui cadastro de emprego para pessoas com deficiência