Lei estadual estabelece dia para incentivar consumo consciente

O governador Raimundo Colombo sancionou a lei 16.655 que institui 15 de setembro como o dia estadual de incentivo à redução de consumo, reúso e racionalização de água, eficiência energética e destinação e tratamento de resíduos. A lei está publicada no Diário Oficial do Estado.

A lei tem como objetivo promover o reúso e o uso racional dos recursos hídricos, a correta destinação e tratamento de resíduos nas áreas urbanas e rurais, incentivar atitudes voltadas para o consumo controlado de água assim como combater o desperdício de energia e promover a melhoria da eficiência energética. Além disso, disseminar medidas que visem a não poluição dos recursos hídricos e a despoluição de fontes e reservas que se encontram poluídas ou contaminadas.

De acordo com o autor do projeto, deputado Gean Loureiro, é essencial a busca pela eficiência energética para construir um modelo sustentável que cause menor impacto possível ao meio ambiente, aliada à importância do tratamento de resíduos gerados pelo ciclo de consumo e do processo produtivo com a intenção não só de preservar o meio ambiente, mas diminuir o impacto negativo na saúde humana.

Fonte: Secom/SC

Anúncios

Lei estadual estabelece dia para incentivar conscientização e redução do uso da água

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Carlos Chiodini, comemorou a sanção da Lei 16.655, pelo governador Raimundo Colombo, que institui 15 de setembro como o dia estadual de incentivo à redução de consumo, reúso e racionalização de água, eficiência energética e destinação e tratamento de resíduos.

A Lei pretende promover a reutilização e o uso racional dos recursos hídricos, a correta destinação e tratamento de resíduos nas áreas urbanas e rurais, incentivando atitudes voltadas para o consumo controlado de água, bem como, combater o desperdício de energia e a promover a melhoria da eficiência energética.

“A oficialização de um dia voltado ao incentivo de práticas sustentáveis demonstra a maturidade que Santa Catarina alcançou neste segmento ao longo dos anos e toda a preocupação do Governo com o tema, que vem sendo bastante discutido. Um grande exemplo desta preocupação foi a implantação do SC+Energia – Programa Catarinense de Energias Limpas, lançado no último mês, programa que incentiva o investimento em energias alternativas”, declara Chiodini ao ressaltar que qualquer iniciativa deve ser acompanhada de mudança de hábitos e educação dos usuários para que o uso consciente dos recursos faça parte do dia a dia.

Fonte: SECOM